14
Nov
11

Maluca?

Quem ler este post vai mesmo pensar que sou maluca. Lembram-se da minha lã? Que lavei nas minhas férias? Quando comecei a fiar percebi que não tinha lavado bem a mesma. A lã não “deslisava” bem quando fiava e não ficava muito uniforme. A quantidade que tinha também era muita e não me estava a ver novamente a passar por todo aquela processo de lavagem…

Por isso arrisquei!

Lavei a lã (um pequeno bocado) na máquina de lavar! (agora podem chamar-me maluca!)

A verdade é que pensei muito sobre o assunto e também pesqueisei muito e por fim arrisquei. A minha máquina tem um programa especifico para lãs, na qual posso escolher a temperatura e ainda escolher se quer ou não centrifugação. Coloquei a lã num saco para peças delicadas e coloquei na máquina. Escolhi o programa adequado e escolhi que não queria centrifugação.

 

Resultou!
IMG_1040

Se formos a comparar o lã lavada novamente com a antiga, pelas fotos não se nota a diferença, mas pelo tacto a diferença é muita!
IMG_1039
(lado direito a lavada anteriormente e lado esquerdo a lavada novamente)

Agora perguntam-me como fiz para secar, já que o tempo não anda para isso. Deixei ao ar livre o máximo que consegui (a lã a sair da máquina ainda pingava um pouco), e depois coloquei-a dentro de casa e por umas noites esteve fechada na casa de banho com o desumificador ligado. Ficou bem sequinha!

Já alguém tentou algo assim?

Anúncios

7 Responses to “Maluca?”


  1. 14 de Novembro de 2011 às 11:18 am

    nem pensar! não tentei não, pois não confio no temperamento da minha máquina. acho que tiveste sorte de principiante 😉

    • 14 de Novembro de 2011 às 3:33 pm

      LOL!

      Não acho que tive sorte de principiante! Na realidade arrisquei, é verdade, o máximo que podia acontecer era mesmo o ficar com uma lã feltrada! Mas estive a olhar para a máquina o tempo todo a ver como é que ela “trabalhava” com aquela programa, e sem centrifugação a lã nunca “saiu” do fundo, ou seja baloiçava no fundo do tambor, mas nunca deu uma volta, nem sequer uma meia volta! Por isso não havia motivo nenhum para feltrar! Experimenta primeiro fazeres uma lavagem sem centrifugação com um programa de lãs na tua máquina para veres como funciona. Se for como a minha deve resultar!

      Bjs

      Mónica

  2. 3 Seni
    14 de Novembro de 2011 às 3:54 pm

    A minha máquina também tem um programa especial para lãs (woolmark care, diz o fabricante que “é a certificação concedida pela Empresa Woolmark à marca que atinge padrões de qualidade suficientemente elevados para que as suas máquinas de lavar possam lavar roupas com a etiqueta “lavar apenas à mão”. Um resultado obtido graças a um sistema de lavagem único e patenteado que não esfrega as fibras, mantendo-as macias, mesmo depois de mais de 20 ciclos de lavagem”) e embora nunca tenha lavado nenhuma lã sem ser tricotada (pois nunca fiei nada), já arrisquei a lavar várias camisolas, gorros, etc, às vezes 100% lã, e também não tive problemas, nunca feltrou. Sai muito molhada da máquina e depois é esperar que seque. Por isso, não acho que estejas maluca 🙂
    Bjs

  3. 17 de Novembro de 2011 às 11:26 am

    Eu acho que dependo dos programas que as máquinas tenham.
    Eu sei que posso lavar com segurança lãs na minha máquina, e não as lavo à mão. É claro que a primeira vez arrisquei…
    A minha máquina também tem um programa especial para lãs. E confiando nesse programa, feltrei há uns anos uma camisola do marido 😦
    Agora para lãs só uso o programa de lavagem manual, a 20º e centrifugação a 400rpm. Ponho sempre as lãs nos saquinhos rede para peças delicadas. E o detergente tb é relevante, eu costumo usar o Soflan original, mas já experimentei o detergente “para lãs” do Continente, e o resultado NÃO é o mesmo.
    E sei que na minha máquina esta configuração é segura para lavar lãs: em mecha, em fio, ou tricotada.

    Nunca experimentei com a lã da ovelhinha, pois além de estar muito mais suja, tem a lanolina que requer água quente para se dissolver. Mas para uma lavagem posterior, mais ligeira, arriscava ;o)

    Não és nada maluca, és esperta!

  4. 17 de Novembro de 2011 às 1:43 pm

    Muito legal sua experiência! Foi bem planejada. Gostei muito do resultado.

    bjinhos

  5. 19 de Novembro de 2011 às 11:24 am

    assim é que é! valente menina.
    depende das máquinas e dos programas, na minha era possivél sim. além do mais já sabes a minha opinião de lavar lã no rio… pois, assim talvez me me renda aos encantos da fiação (ja me rendi)
    acho que uma coisa é saber como é o processo e outra é tentar reproduzi-lo todo em casa, acho eu.

  6. 4 de Dezembro de 2011 às 4:38 pm

    Como se costuma dizer, quem não arrisca não petisca e tu arriscaste bem!

    Bjs


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Encomendas

Caso pretendam alguma peça tricotada por mim, é só entrar em contacto através do email (mamamartinho@gmail.com) com a informação do que pretendem, que eu irei responder.

Escreve o teu endereço de e-mail para seguir este blog e receber as notificações de novos posts por e-mail.

Junte-se a 516 outros seguidores

Categorias

Arquivos


%d bloggers like this: