06
Mar
12

Ainda sobre a horta

Tenho-me apercebido que cada vez mais existem pessoas a criar as suas hortas em varandas, talvez devido à crise, e por isso decidi escrever um pouco mais sobre a minha hortita.

Quando decidimos criar a nossa horta, fomos considerados malucos, pois afinal nunca poderiamos sustentar-nos exclusivamente dela, e a verdade é essa. Nunca será possivel com uma horta de varanda conseguimos os alimentos suficientes para a nossa alimentação, ainda mais sendo 4 lá em casa, mas a verdade é que já ajudou a reduzir os custos das compras. Desde que temos a nossa horta que não temos comprado uma única erva aromática e os temperos têm sido mais diversificados devido ao uso destas ervas frescas.

Bem, mas falando sobre a horta propriamente dita e das minhas experiencias com ela.

Começamos por plantar as ervas aromáticas, que ainda se mantêm. Sobre estas o que posso dizer sobre o que aprendi é que é mais fácil termos as ervas em vasos separados, pois existem algumas espécies, como sendo o manjericão, hortelã erva cidreira, etc.. que alastram muito facilmente e por isso quando plantadas com outras ervas ou legumes, podem impedir o crescimento das mesmas.

IMG_1883

No meu caso optei por colar o prato ao vaso e depois segurá-los na parede com uma escápula em L, e assim aumentar a variedade que temos sem ocupar espaço. Ainda para ajudar identifiquei cada erva escrevendo o nome em garfos de plástico (pensei em colheres, mas não tinha suficientes).

Ainda na mesma altura plantamos, os pimentos laranja, que resistem este tempo todo, sendo que nesta altura pouco ou nada produzem.
IMG_1879

Não dão pimentos muito grandes, mas posso dizer que os que dão são muito saborosos, mais que os de compra! Para o consumo de casa os pimento produzidos são suficientes.

Também foram plantados os tomates chery que produziram bastantes tomates e bem saborosos, mas que depois morreram como é natural de qualquer pé de tomate. As beringelas plantadas na mesma altura produziram até na altura de mais frio, apesar de a quantidade ser inferior. Eram mais pequenas que as de compra, mas uma vez mais saborosas. Acabou por morrer, não sei porque motivo, mas pareceu-me ser devido a alguma doença.

E ainda na mesma época compramos uma árvore de clementinas, que chegou a dar-nos 7 clementinas normais, apesar do tamanho da árvore, e saborosas. Neste momento está um pouco mais “despida” mas sei que com este sol que se faz sentir em breve vai ficar bem bonita:

IMG_1869

Posteriormente, decidimos alterar um pouco as coisas, e foi nesta altura que colocamos as ervas na parede e plantamos em vasos agriões e rúcula. Os primeiros não se deram. Foram várias a tentativas, mas realmente é uma verdura muito dificil de manter. Rebenta muito bem, mas depois quando começa a crescer não vinga.

Já a rúcula foi uma boa aposta! Esta fotografia que mostro foi tirada mesmo antes da apanha deste belo molho, que irá dar uma boa salada! Como verificam não cresce tanto como a rúcula normal, mas foi uma verdura que cresce rapidamente e é saborosa (já apanhamos um pouco para provar anteriormente).

IMG_1882

Na mesma altura decidimos apostar nas alfaces e não fosse o tempo frio que se fez sentir e que diminiui o ritmo de crescimento já teriamos recolhido alguma.
IMG_1873

São fáceis de semear e optimas de ver crescer! Estas são alfaces roxas e que se podem plantar em qualquer altura do ano.

E além das alfaces também semeamos broculos. Ai os broculos, ainda à uns dias era uns pequenos rebentos e agora olhem para o tamanho desta couve!
IMG_1870

Pois é os broculos crescem mesmo muito (isso já eu sabia) e tem um grande inimigo, que fez com que apenas 1 das couves esteja ainda tão grande, que se chama lagartas…

Agora a maior satisfação é quando começamos a ver dentro da couve a pequena “árvore”

IMG_1878

Mas uma horta nunca pode ser estática até porque existem legumes que se dão numa altura e outros noutra e por isso á pouco tempo lá decidimos nós semear mais 2 legumes no espaço vago:

IMG_1872

Olhando para ali não parece haver nada pois não? Mas há, garanto! Existe no lado esquerdo um pequeno rebento e perto do meio do vaso umas pequenas ramagens. O que é? Um pé de ervilhas e cenouras! Sei que não será com um pé de ervilhas que vou puder fazer uma grande refeição, mas acho que dará para um belo prato a confecionar! E as cenouras, darão-se? Pelo que averiguei sim. Tenho profundidade suficiente para elas e mesmo que devida recolher antes, as cenouras baby são carissimas e deliciosas!

Mas não ficamos por aqui e aproveitando a morte de uma planta que tinhamos, libertando um vaso, plantamos 2 pés de morangos!
IMG_1881

Já vinham com flor e espero que no verão já me possa deliciar com uns belos e deliciosos morangos!!!! Repararam que está um saco plastico preto por cima? É que os morangos gostam do “efeito de estufa”, e colocar um saco preto na terra deixando apenas a abertura do pé por onde regamos é óptimo!

E para terminar a última aquisição de casa, que foi fazer companhia à árvore de clementinas, uma árvore de alperces:

IMG_1868

está ainda no vaso de compra à espera de novo vaso e é bebé. Deve demorar pelo menos uns 2 anos até que possamos provar os primeiros frutos.

E assim deixo aqui o relato da minha hortita, mas não sem antes deixar aqui uma ultima informação a quem interessar. As verduras querem luz natural directa pelo menos 5 horas por dia e serem regadas com frequencia, sendo que não convém deitar água a mais por forma a que saia para o prato. No caso das plantações em vasos, convem de tempos a tempos adubar a terra e por vezes mudar a mesma por outra nova (basta uma parte) para lhe acrescentarem mais alguns nutrientes. Convém também alterarem o tipo de plantação que façam nos vasos, para que nunca se esgotem completamente os nutrientes. E para quem quiser saber ainda mais este forum tem um post exclusivo a hortas em varandas muirto completo (para verem tudo têm de se registar).

Anúncios

15 Responses to “Ainda sobre a horta”


  1. 6 de Março de 2012 às 8:28 am

    Fabuloso, estás a tornar-te uma autêntica agricultora. Pena nao teres uma pequena hortinha, pois acredito que ias fazer um belo trabalho! 🙂

    Beijinhos. Tem um excelente dia!

    Catarina

  2. 6 de Março de 2012 às 2:39 pm

    Olá!
    Sigo este blog há algum tempo apesar de nunca ter deixado nenhum comentário, mas desta vez tenho que dizer Muitos parabens!! Os tricots são magnificos e a horta não lhes fica atrás, é realmente uma ideia fabulosa!
    E sem dúvida que tudo o que sai do nosso esforço e da nossa imaginação vale 2 vezes mais 🙂

    • 6 de Março de 2012 às 2:52 pm

      Oi Patricia,

      O meu muito obrigada pelas palavras! Fico contente de ao fim deste tempo teres deixado aqui umas palavras, assim passei a conhecer-te também!

      Obrigada pelos elogios! Não acho que nem o tricot nem a horta sejam magnificos, aos meus olhos têm sempre imperfeições, mas na realidade tenho muito orgulho do que faço. Mas é com palavras destas que tenho mais vontade ainda de continuar aqui a descrever um pouco da minha vida e das minhas “artes”.

      Bjs

      Mónica

  3. 6 de Março de 2012 às 3:59 pm

    Oi Mônica,
    Fiz uma viagem ao passado vendo sua horta.Lembrei de minha avó falando que nunca passaram necessidades demais(além dela e meu avô foram 7 filhos,imagina!) porque cultivavam o que podiam,tinham árvores frutíferas e galinheiro.Quando eu era bem pequena ainda existiam e meu avô trabalhava em seus canteiros todos os dias.Quanto tempo!Época em que éramos muito pobres,mas todos tinham casa e quintal,um mundo antigo.Tão diferente!Parabéns pela horta e por driblar a crise!Nós,por aqui no Brasil,por mais que falem,não saímos exatamente dela,nunca,
    Bjs

  4. 6 de Março de 2012 às 4:56 pm

    Só um reparo: as árvores de fruto se não forem devidamente podadas não produzem bem.POr isso, a árvore que deu frutos o ano passado, para dar este ano, deveria ter sido podada. Também tem uma maneira específica de o fazer (que eu não sei mas que o meu marido sabe na perfeição).
    As cenouras precisam de bastante água, assim como os agriões, os poejos e os morangos.
    Os tomates secam no fim da produção e têm de ser semeados de novo no ano seguinte.
    Os morangos, quando derem fruto e derem umas hastes compridas com um tufo de folhas e raizes pequeninas, tens de pôr esses raminhos novos em terra e depois cortar as hastes que os ligavam ao pé velho.
    O que dava bem num vaso maior eram fisális. Se quiseres eu arranjo e dou à Alda.
    A tua horta está a desenvolver bem.
    E aos preços proibitivos que estão as ervas aromáticas, dá muito jeito ter uma plantação assim.

    • 6 de Março de 2012 às 5:12 pm

      Sim, eu sei que devo podar a árvore, mas a clementina só deu fruto este ano e ainda é bebé, por isso só para o ano será podada. O luis percebe de poda, por isso já me safo!!

      Tenho regado bem a horta e qualquer um deles está a crescer muito bem! As alfaces em breve já estarão prontas a colher, as folhas dos broculos já foram algumas apanhadas, cortadas e hoje vão servir para um belo caldo verde. As cenouras já tem bastate folhagem! Crescem super depressa!!!!
      Os agriões ainda usei uma técnica que a alda falou que é de colocar um saco no vaso antes da terra para assim ficar sempre com água, mas nem assim resultou… Enfim… A rucula ainda a tenha é óptima e já foi semeada mais!

      Quanto aos morangos também já sabia sim! Mas na altura se tiver duvidas pergunto-te. Quanto aos fisalis, agradeço, mas só eu gosto disso lá em casa e não vale a pena. Além do mais o que não queremos é aumentar a quantidade de vasos, pois queremos mesmo manter a circulação nas varandas!!! Já tenho é também um pé de espinafres (dos de pé) que a Alda me arranjou, no vaso que tinha os agriões. Vamos a ver como se dão! Ha e o pé de ervilha está um espanto! Cresce tão depressa!!!!

      Bjs

      Mónica

  5. 7 seni
    6 de Março de 2012 às 9:12 pm

    Muitos parabéns pela horta! Se tivesse uma varanda faria o mesmo. Por enaquanto vou comprar umas ervas de cheiro.

    Bjs

  6. 7 de Março de 2012 às 12:59 am

    para mim é fabukoso aquilo que fazes, eu não tenho habilidade nenhuma com plantas ou jardins, pelo que a opção foi pavimentar o mais possível.
    admiro.te linda
    parabéns e beijinhos

  7. 7 de Março de 2012 às 5:55 am

    Apoio totalmente! Tambem adoro cultivar ervas, temperos… Delicia!

  8. 10 Susana
    7 de Março de 2012 às 11:13 am

    Adorei 😀
    No fim de semana passado fiz a minha hortinha. Tem tomates, alface, repolho (!?), morangos e flores que a minha filhota escolheu. Agora queria ver se comprava salsa e cenouras.
    Comprei tambem broculos mas diz na embalagem que so se pode cultivar em Maio por isso tenho de esperar.

    Quando precisar de dicas falo contigo 😀
    Já agora o saco dos morangos tapa o morangueiro todo?

    • 7 de Março de 2012 às 11:59 am

      Susana,

      Ainda bem que gostas-te!!! Toma só atenção ao repolho que cresce muito assim como aos broculos (pelo que vez ficam bem grandes sim). Sim broculos ou em maio junho ou então em agosto. Eu plantei os meus em Dezembro, o que não é normal e o que aconteceu é que demoraram muito a crescer. Podes tentar se quiseres!

      Quanto aos morangos, o saco tapa toda a parte de cima do vaso, e desce um pouco para baixo para ficar “preso”. Depois tem 2 furos de onde saem os pés!

      Espero ter ajudado!

      Bjs

      Mónica

  9. 8 de Março de 2012 às 2:52 pm

    Puxa, quanta dedicação!! Cresci com um quintal enorme, com uma horta linda e muitas árvores frutiferas… hoje não tenho nem um pingo de terra em casa. Preciso esconder os vasinhos de flores por causa dos bichinhos que adoram fuçar por lá.

    Adorei cada detalhe que deu, cada historia de cada pezinho; sinto que gosta muito do que faz. Parabéns:))

    bjinhos

  10. 8 de Março de 2012 às 3:24 pm

    Olá Mónica

    Já sabias que tinhas uma horta não sabie era que tinha stanta variedade …. Tentei majericao; salsa e coentros e não correu bem … Vou pesquisar melhor no forum que indicas

    Bjs

    Cláudia

  11. 8 de Março de 2012 às 5:34 pm

    Gostei muito da sua horta, tudo muito saudável e sem agrotóxicos. Parabéns pela sua dedicação.
    Aqui em casa também tem couve ( detesto aquelas largatas!), chuchu, alecrim, salsinha, manjericão, hortelã e cebolinha. Tem limão, acerola, amora, banana, morango. Antigamente tinha jabuticaba, manga, goiaba, laranja, caqui. É incrível como é possível plantar tanta coisa num pequeno espaço de terra. rs

    bjs


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Encomendas

Caso pretendam alguma peça tricotada por mim, é só entrar em contacto através do email (mamamartinho@gmail.com) com a informação do que pretendem, que eu irei responder.

Escreve o teu endereço de e-mail para seguir este blog e receber as notificações de novos posts por e-mail.

Junte-se a 516 outros seguidores

Categorias

Arquivos


%d bloggers like this: