02
Set
13

escócia

Foram apenas 5 dias, mas bem intensivos, que nos permitiu ter uma ideia sobre a Escócia. Ficamos com vontade de voltar, talvez sem os miúdos para pudermos usufruir ainda mais!

É como imaginava, com casas muito características feitas em pedra. Existem muitas igrejas, se bem que muitas delas foram transformadas em bares, restaurantes, hotéis, etc..

A paisagem é linda, com muito verde, muitas montanhas, cascatas, florestas de pinheiros gigantescos, ovelhas todas branquinhas e até “ovelhas chonés”! Vimos muitas quintas e cidades que nos vão ficar na memória para sempre.

Os escoceses são pessoas extremamente simpáticas e que rapidamente nos arranjavam água quente para o Tiago ou até nos aqueciam as comidas dele, sem que fizéssemos alguma compra ou até nos locais mais estranhos para estes pedidos.

Têm algumas particularidades que não estávamos á espera, como sendo o horário do comércio que inicia ás 10 da manhã e ás 17/17:30 fecha. Nunca esperei ver um centro comercial completamente vazio ás 17:30, tendo até a restauração encerrada. Não existem portagens, apesar das imensas auto-estradas que possuem.

O conduzir à esquerda foi uma aventura quer para o Luis que estava ao volante, quer para mim que ia de pendura, mas a verdade é que passados os dois primeiros dias já estávamos prós!!!

O tempo é realmente muito chuvoso. Nos dois primeiros dias apanhamos metade do dia com chuva, e nos restantes alguns chuviscos.

A alimentação era o que esperávamos, muitas batatas fritas e peixe ou frango frito. Não sei como não são mais gordos!

Mas chega de conversa e aqui vamos ás fotos e ao nosso itinerário. Faço um pequeno resumo do que vimos e das nossas opiniões e coloco umas poucas fotos (tiramos imensas), das que considerei mais ilustrativas.

Iniciamos o nosso percurso em Lisboa com destino a Glasgow, tendo escala em Amesterdão. Chegamos e fomos de seguida levantar o carro que havíamos reservado (por sinal os alugueres são mais baratos que cá) e partimos rumo ao nosso alojamento no The Gergorian House (não recomendo a ninguém…).

Estávamos cansados e já se aproximava a noite por isso apenas fomos procurar um local para comer e para fazer compras e não chegamos a conhecer a cidade. No entanto vimos uma das igrejas convertidas em bar, que nos deixou de boca aberta!
Glasgow
Glasgow2

Isso e claro imensos táxis tipicamente britânicos!
Taxi

Dia seguinte partimos em direcção a Stirling, pela estrada do “campo”, onde só se via “quintas”.
Glasgow-Stirling

Já na cidade visitamos o Castelo, apenas de fora já que os preços eram elevados…
Stirling
Srilrling1

Voltamos à estrada rumo a Fort William onde passamos a noite no hotel Premier Inn. Pelo caminho acabamos por encontrar as Hamish, as ternurentas vacas com franja!
Hamish

E também vimos as gordas e brancas ovelhas,
Ovelhas

Assim como imensas cascatas!
Stirling-Fort Wiliam

E não só nesse caminho mas em muitos outros que percorremos vimos ponte e caminhos de ferro por onde passa o famoso comboio a vapor do Harry Potter!
Stilrling- Fortl William

Já em Fort William encontramos uma típica cidade bem agradável e simpática!
Fort Wiliam2
Fort Wiliam1

Já estávamos na segunda feira quando rumamos ainda mais para cima desta vez para Fort Augustus,
Fort Augustus

Onde aproveitamos o passeio de barco para conhecer-mos o famoso Loch Ness, que tem uma água tão preta como eu nunca havia imaginado.
Loch Ness

E onde fomos informados que a Nessie, já não se encontra sozinha, de acordo com a foto que haviam tirado à algum tempo ao sonar que estava instalado no barco.
Nessie

Saindo de Fort Augustus e em direcção a Invernesse a nossa próxima paragem desse dia ainda passamos pelo famoso castelo Urquhart, o qual apenas vimos pelo exterior, pois como todos os castelos lá era necessário pagar entrada.
Castel Urquhart

Em Invernesse encontramos uma cidade um pouco mais diferente, mais industrializada, mas bem bonita na mesma.
Inverness
Inverness2

Ficamos hospedados na Lyndon Guest House, o que é o típico alojamento daquele país.
Inverness3

Terça feira o rumo começou a ser o oposto e começamos a descer novamente. Paramos em Aviemore para encontrar uma cidade pequena mas muito agradável.
Aviemore

E voltamos a estada, mas por pouco tempo pois o Tiago necessitou que comer. Não me recordo do nome da cidade onde paramos mas acabamos por ir a um cafezinho que encontramos, onde as mesas era feiras com antigas mesas de máquinas de costura da Singer,
Aviemore-Perth2

E onde bebemos um chocolate quente de chorar por mais!
Aviemore-Perth

Por fim chegamos a Perth, mas não sem antes pararmos numa das destilarias que encontrávamos pelo caminho.
Destilaria

Sobre Perth, tenho a dizer que foi a cidade que menos gostei, talvez já estivesse cansada da arquitectura, mas a verdade é que aquela parte do país não tem paisagens tão belas…
Perth

Desta vez o nosso alojamento foi numa velhíssima casa o Tayside Hotel, perto da cidade, onde finalmente ao pequeno almoço o Luis pode experimentar o Hagis (miolos de carneiro), que ele disse lhe recordarem os nossos maranhos…
Hagis

O ultimo dia deu apenas para rumarmos em direcção a Edinburgo e conhecer-mos um pouco da cidade velha. Subimos ao castelo onde tivemos uma vista deslumbrante da cidade.
Edinburgo1

A cidade estava a abarrotar com artistas, pois estávamos no mês do grande festival que têm, e por isso pouco conseguimos ver sem perder grande tempo.
Edinburgo2

Por fim rumamos ao aeroporto e no final do dia já nos encontrávamos outra vez em casa, com a sensação de termos vivido um sonho…


6 Responses to “escócia”


  1. 2 de Setembro de 2013 às 10:36 am

    Assim sim!! Ora aí estão umas lindas férias!! A julgar pelas imagens deve ser mesmo bonito!! Obrigado pela partilha, pois assim viajo um pouquinho através delas!! beijinhos e até logo…

  2. 2 de Setembro de 2013 às 11:24 am

    Que saudade de poder viajar assim. Mês passado eu fui pra escócia, mas só fiquei em Edimburgo. Saudades imensas de Portugal, mais ainda de Lisboa.

  3. 2 de Setembro de 2013 às 2:48 pm

    Nunca lá estive mas por aqueles lados o tempo acinzentado , fresco ou chuvoso aparece em quase todo o ano. Mas quem lá vai parece gostar bastante das paisagens verdejantes, desafogadas e pouco poluídas daquela zona.
    Com filhos pequenos as viagens ao estrangeiro têm de ser bem delineadas e acabam por ser muito cansativas. Mas isso é largamente compensado pelo facto de eles estarem connosco e portanto não termos a preocupação constante ” do…como estarão agora?”.
    Mesmo assim, se os avozinhos ficarem com eles, sabemos que ficam bem tratados, com pessoas da nossa confiança e então sim: é mesmo de fazer um viagem a 2.
    Ainda bem que gostaste.
    beijos

  4. 9 de Setembro de 2013 às 9:55 pm

    Que bela viagem! Lindas fotos, obrigada por compartilhar!

    bjs

  5. 11 de Setembro de 2013 às 11:35 am

    Monica, que viagem mais linda!!! Adorei as fotos! Cada lugar maravilhoso! Fiquei com muita vontade de conhecer…
    bjinhos

  6. 25 de Setembro de 2013 às 12:48 pm

    Eu estive lá…eu estive lá…nananana!!! 😉


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Encomendas

Caso pretendam alguma peça tricotada por mim, é só entrar em contacto através do email (mamamartinho@gmail.com) com a informação do que pretendem, que eu irei responder.

Escreve o teu endereço de e-mail para seguir este blog e receber as notificações de novos posts por e-mail.

Junte-se a 503 outros seguidores

Categorias

Arquivos

Mamã Martinho


%d bloggers like this: