30
Abr
14

Cut

Cut, de Cathy Glass

Dawn was the first girl Cathy Glass ever fostered. Sweet and seemingly well balanced girl, Dawn’s outward appearance masked a traumatic childhood so awful, that even she could not remember it. During the first night, Cathy awoke to see Dawn looming above Cathy’s baby’s cot, her eyes staring and blank. She sleepwalks–which Cathy learns is often a manifestation in disturbed children. It becomes a regular and frightening occurrence, and Cathy is horrified to find Dawn lighting a match while mumbling it’s not my fault in her sleep one night. Cathy discovers Dawn is playing truant from school, and struggling to make friends. More worryingly she finds her room empty one night, and her pillow covered in blood. Dawn has been self-harming in order to release the pain of her past. When Dawn attempts suicide, Cathy realizes that she needs more help than she can give. Dawn’s mother eventually confides in her that Dawn was sent away to live with relatives in Ireland between the ages of 5 and 9, and Cathy soon realizes that the horrors Dawn was exposed to during this time have left her a very disturbed little girl.

Uma vez mais um resumo em inglês, já que o livro não existe ainda em português…

Desta vez e após 2 livros optei por começar a ler pelo primeiro, não que faça diferença, pois cada história é uma história, mas porque temos sempre a familia dela de base, que acompanha cada história. Neste livro foi a primeira vez que li sobre o ex-marido dela e dos primeiros tempos juntos que me deixa curiosa sobre o que aconteceu…

Sobre a história da Dawn, bem o final não me surpreendeu, já que desde inicio pensei que era a melhor opção. Custou-me ver um pouco algumas das acções tomadas por eles e pensei muitas vezes que se notava tão bem a falta de experiencia dela como “mãe” adoptiva… A história é comovente como todas e pela primeira vez (desde que leio um livro dela) sobre uma adolescente. Por isso custa um pouco pensar que nem sempre é fácil controlá-los como fazemos com uma criança e fez-me sem dúvida ter mais medo do que vem por ai com os meus filhos…

Anúncios

1 Response to “Cut”


  1. 2 de Maio de 2014 às 4:19 pm

    Uma história interessante mas ao mesmo tempo com uma carga emoriva muito forte…
    Ultimamente não tenho conseguido ler NADINHA! Estou agora com a revista do Círculo de Leitores na mão, para encomendar livros e até me custa! Tenho aproveitado todo o tempinho livre para fazer alguma coisa de costura…
    Beijocas!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Encomendas

Caso pretendam alguma peça tricotada por mim, é só entrar em contacto através do email (mamamartinho@gmail.com) com a informação do que pretendem, que eu irei responder.

Escreve o teu endereço de e-mail para seguir este blog e receber as notificações de novos posts por e-mail.

Junte-se a 547 outros seguidores

Categorias

Arquivos


%d bloggers like this: