Archive for the 'O que já li' Category

22
Abr
17

Por Treze Razões

Por Treze Razões, de Jay Asher

Ao regressar das aulas, Clay Jensen encontrou à porta de casa uma estranha encomenda com o seu nome escrito, mas sem remetente. Ao abri-la descobriu sete cassetes com os lados numerados de um a treze. Graças a um velho leitor de cassetes, Clay é surpreendido pela voz de Hannah Baker, uma adolescente de dezasseis anos que se suicidara duas semanas antes e por quem estivera apaixonado. Na gravação, Hannah explica os treze motivos que a levaram a pôr fim à vida. Guiado pela voz de Hannah, Clay testemunha em primeira mão o seu sofrimento e descobre que os treze motivos correspondem a treze pessoas…

Este foi um livro para mim deprimente. tendo um filho adolescente e lendo os motivos que fizeram uma rapariga cometer suicídio, faz-me pensar, muito… Os motivos, são para mim “normais” entre adolescentes e nunca motivos para um fim tão trágico. No entanto a verdade é que os motivos são a nossa realidade e ficamos, ou deveriamos ficar a pensar no que fazemos a quem nos rodeia…

16
Abr
17

A montanha entre nós

A montanha entre nós, de Charles Martin

Ben é um médico cirurgião e Ashley é uma atraente e simpática jornalista que está a poucos dias do seu casamento. Conhecem-se na sala de embarque de um aeroporto, enquanto esperam pelo seu voo, atrasado devido ao mau tempo. Quando a viagem é cancelada, Ben aluga um avião particular para poderem regressar a casa.
Durante a viagem o impensável acontece: o avião cai numa zona isolada e gelada no meio do nada.
Ben e Ashley sobrevivem ao acidente. Sozinhos e feridos, têm de lutar contra as adversidades e as temperaturas negativas daquele lugar inóspito.
A luta pela sobrevivência vai despertar neles os sentimentos mais sinceros e levá-los a questionar o rumo das suas vidas até então. Será que conseguem sobreviver? E se conseguirem, até que ponto esta experiência mudará os seus destinos?

Esta história é simplesmente genial! Uma experiencia que nunca ninguém quer passar, e muitas vezes ao ler o livro, pensei em como é que eles iam conseguir… O final muito surpreendente, pelo menos para mim!

12
Abr
17

A Cada Dia

A Cada Dia, de David Levithan

A cada dia, A acorda no corpo de uma pessoa diferente. Nunca sabe quem será nem onde estará. A já se conformou com a sua sorte e criou regras para a sua vida:
Nunca se apegar muito. Evitar ser notado. Não interferir.
Tudo corre bem até que A acorda no corpo de Justin e conhece Rhiannon, a namorada de Justin. A partir desse momento, as regras de vida de A não mais se aplicam. Porque, finalmente, A encontrou alguém com quem quer estar a cada dia, todos os dias.

Existem livros que me prendem de tal forma que enquanto não os termino não descanso. Este foi um deles! Adorei a história, e adorei o livro!

08
Abr
17

Viver sem ti

Viver sem ti, de Jojo Moyes

Louisa Clark já não é uma jovem banal a viver uma vida banal. O tempo que passou com Will Traynor transformou-a, sendo agora uma pessoa diferente que tem de enfrentar a vida sem ele. Quando um insólito acidente obriga Lou a regressar a casa dos pais, é impossível não sentir que está de volta ao ponto de partida.
Lou sabe que precisa de um empurrão que a traga de novo à vida. E é assim que acaba por ir parar ao grupo de apoio Seguir em Frente, cujos membros partilham sentimentos, alegrias, frustrações e bolos intragáveis. Serão também eles que a levarão até Sam Fielding – um paramédico que trabalha entre a vida e a morte, e o único homem que talvez seja capaz de a compreender. Mas eis que uma personagem do passado de Will surge de repente e lhe altera todos os planos, lançando-a num futuro muito diferente…. Para Lou Clark, a vida depois de Will Traynor significa reaprender a apaixonar-se, com todos os riscos que isso implica.

Para mim existem histórias que não devem ser continuadas… Esta é uma delas… O livro não é mau, é um bom livro, mas como continuação da história que teve antes, fica muito aquém…

02
Abr
17

Viver Depois de Ti

Viver Depois de Ti, de Jojo Moyes

Louisa Clark é uma jovem com uma vida banal – um namorado estável, trabalhador e uma família unida – que nunca saiu da aldeia onde sempre viveu. Quando fica desempregada, vê-se obrigada a aceitar um emprego em casa de Will Traynor, que vive preso a uma cadeira de rodas, depois de um acidente. Ele sempre tinha vivido de um modo trepidante – grandes negócios, desportos radicais, viajante incansável – agora tudo isso ficou para trás.
Will é mordaz, temperamental e autoritário, mas Lou recusa tratá-lo com complacência e em breve a felicidade e o bem-estar dele tornam-se muito mais importantes do que ela esperaria. No entanto, quando Lou descobre que Will tem planos inconfessáveis para a sua vida, ela luta para lhe mostrar que ainda assim vale a pena viver.

O que falar deste livro? É mil vezes melhor que o filme…

28
Mar
17

Lost Girls

Lost Girls, de Angela Marsons

When nine-year-old best friends Charlie and Amy disappear, two families are plunged into a living nightmare. A text message confirms the unthinkable; that the girls are the victims of a terrifying kidnapping.
And when a second text message pits the two families against each other for the life of their children, the clock starts ticking for D.I. Kim Stone and the squad.
Seemingly outwitted at every turn, as they uncover a trail of bodies, Stone realises that these ruthless killers might be the most deadly she has ever faced. And that their chances of bringing the girls home alive, are getting smaller by the hour…
Untangling a dark web of secrets from the families’ past might hold the key to solving this case. But can Kim stay alive long enough to do so? Or will someone’s child pay the ultimate price?

Este livro foi mais dificil de ler, pois só pensava nas crianças… Para mim continua a ser um excelente policial!

22
Mar
17

Play dead

Play Dead, de Angela Marsons

Westerley research facility is not for the faint-hearted. A ‘body farm’ investigating human decomposition, its inhabitants are corpses in various states of decay. But when Detective Kim Stone and her team discover the fresh body of a young woman, it seems a killer has discovered the perfect cover to bury their crime.
Then a second girl is attacked and left for dead, her body drugged and mouth filled with soil. It’s clear to Stone and the team that a serial killer is at work – but just how many bodies will they uncover? And who is next?
As local reporter, Tracy Frost, disappears, the stakes are raised. The past seems to hold the key to the killer’s secrets – but can Kim uncover the truth before a twisted, damaged mind claims another victim …?

Da mesma colecção, mas ainda sem tradução para português, vem mais um policial bem envolvente!
Adorei tal como os anteriores. A Detective é um rebelde super inteligente, e uma vez mais põe em risco a própria vida para resolver os crimes…




Encomendas

Caso pretendam alguma peça tricotada por mim, é só entrar em contacto através do email (mamamartinho@gmail.com) com a informação do que pretendem, que eu irei responder.

Escreve o teu endereço de e-mail para seguir este blog e receber as notificações de novos posts por e-mail.

Junte-se a 517 outros seguidores

Categorias

Arquivos