Archive Page 2

04
Set
17

A minha varanda

Cá em casa temos uma varanda super pequena, mas que é o meu local favorito. Temos o chão em relva e uma mesa com dois bancos. Também um estore de palhinha que nos permite ter mais sombra.

Depois de umas mini férias pelo sul do pais e vindo carregada de tesouros da natureza acabei por fazer uma nova decoração à minha varanda!
varanda//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

Na mesa coloquei uma cesta que não era nada mais nada menos que um açaime de vacas todo ferrugento (um pouco de lixa e tinta e resolve-se o problema) e um conjunto de conchas.
varanda//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

Numa parede um pouco de rede e mais umas conchas esburacadas pela maré.
varanda//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

02
Set
17

Pintura em tecido

Havia cá por casa uma t-shirt branca e uma falta de t-shirts para o pequeno.

Diz-se que da necessidade vem o engenho e acho que foi isso que surgiu! A minha primeira pintura em tecido!

T-shirt//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

E para perceberem melhor, as pintas surgiram porque o mais pequeno decidiu fazer umas pintitas equanto a pintura secava…

30
Ago
17

Sandálias

Para meninas lindas temos de tentar fazer coisas lindas! E por isso lá peguei eu na agulha de crochet e fez umas lindas sandálias, bem fresquinhas para este tempo mais quente!

sapatinhos//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

Para mais informações sobre o projecto podem ver aqui.

28
Ago
17

O Anjo da Morte

O Anjo da Morte, de M. J. Arlidge



Helen Grace, até aqui considerada a melhor detetive do país, é acusada de homicídio e aguarda julgamento na prisão de Holloway. Odiada pelas restantes prisioneiras e maltratada pelos guardas, Helen tem de enfrentar sozinha este pesadelo. Tudo o que deseja é conseguir provar a sua inocência. Mas, quando um corpo aparece diligentemente mutilado numa cela fechada, essa revela ser, afinal, a menor das suas preocupações.
Os macabros crimes sucedem-se em Holloway e o perigo espreita em cada cela ou corredor sombrio. Helen não pode fugir nem esconder-se por atrás do distintivo.
Precisa agora de ser rápida a encontrar o implacável serial killer… se não quiser tornar-se a sua próxima vítima.

Este livro foi uma autentica reviravolta! Afinal a nossa detective fica presa! Claro que nisto continua detective e continua a resolver crimes, mas como cenário um prisão! Adorei esta reviravolta!

26
Ago
17

Na Boca do Lobo

Na Boca do Lobo, de M. J. Arlidge



Quando a detetive Helen Grace encontra a vítima no chão, presa a uma cadeira, percebe que não se trata apenas de um jogo sexual que terminou mal — as provas demonstram que o agressor dispusera dos meios para libertar o seu refém, mas decidira não o fazer. Ao remover a fita adesiva do rosto da vítima, Grace reconhece-a: trata-se de alguém com quem mantinha um relacionamento de que ninguém pode saber. Helen inicia uma autêntica caça ao assassino, ao mesmo tempo que luta por manter a sua vida privada em segredo. Contudo, as várias pistas seguidas revelam-se infrutíferas, e surge um novo homicídio. Travando uma batalha contra o tempo, Helen enfrenta uma escolha impossível: confessar os seus segredos mais obscuros e perder o controlo do caso, ou ocultar a verdade e arriscar-se a cair numa armadilha?

Gosto muito desta detective, a sua forma de ser e de resolver crimes. Este livro continua a sua saga e não me desiludiu. Mais um bom policial!

24
Ago
17

A Vingança Serve-se Quente

A Vingança Serve-se Quente, de M. J. Arlidge

Na calada da noite, três violentos incêndios iluminam os céus da cidade. Para a detetive Helen Grace, as chamas anunciam algo mais do que uma coincidência trágica — este cenário infernal de morte e destruição revela uma ameaça nunca antes vivenciada.
No decurso da investigação, descobre-se que aquele que procuram não é apenas um incendiário em busca de emoções fortes — os atos criminosos denunciam um assassino meticuloso e calculista. Alguém que pretende reduzir as suas vítimas a cinzas…
Uma nuvem negra de medo e desconfiança estende-se sobre a cidade, à espera da faísca que provocará a próxima tragédia. Conseguirá Helen descobrir a tempo quem será a próxima vítima?

Adorei este policial. Foi difícil perceber quem seria a pessoa por detrás de tudo, e por isso fiquei cativada até ao final!

22
Ago
17

Suporte de fotos

Comprei umas estacas em aluminio que vi num hipermecado porque as achei engraçadas e porque precisava de uma para um projecto que tinha e sem falar no facto de serem super baratas. Como só se vendiam duas fiquei com uma sem saber o que fazer.

Então, ao olhar para um canto entre a cozinha e a sala pensei logo que a estaca ficava ai super bem! Isso e o facto de adorar fotos, fez com que tivesse uma nova decoração!

Suporte fotos//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

Gostam?

20
Ago
17

Roquita

Para um outro bebé bem fofinho optei por fazer uma roquita! Além de mimosa ainda faz barulhos!

Roquita//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

Para mais informações sobre o projecto podem ver aqui.

18
Ago
17

Um Estranho Lugar Para Morrer

Um Estranho Lugar Para Morrer, de Derek B. Miller



Sheldon, um judeu americano, parece ter chegado ao fim da linha. É viúvo, tem 80 anos, e revela sinais de demência. A filha, preocupada, decide levá-lo para Oslo, onde vive com o marido. Um dia, quando o deixa sozinho no apartamento, Sheldon ouve ruídos na escada. Percebe que é uma vizinha a ser perseguida, a tentar proteger desesperadamente um filho pequeno. A mulher acaba por ser morta selvaticamente. Mas o octogenário consegue, in extremis, esconder a criança dos perseguidores. É o ponto de partida de um romance onde tudo nos surpreende. Aos poucos, juntamos as peças do puzzle. Sheldon é afinal um ex-veterano da Guerra da Coreia, que há décadas vive num secreto inferno, a tentar expiar um crime involuntário. Num último esforço para se redimir, assume como missão salvar o filho da vizinha. Numa terra desconhecida para ambos, começa uma fuga épica, que os levará aos confins da Noruega – e uma perseguição implacável, movida por um gangue kosovar.

Não sei o que pensar deste livro. Não o classificava bem como romance, mas também não é propriamente um policial… Não foi um dos meus favoritos…

16
Ago
17

Túnica

Tenho por aqui muitas encharpes e lenços e não sendo uma pessoa de os usar de vez em quando lá decido fazer algo com eles.

túnica//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

Desta vez foi uma túnica, bem simples, mas muito usada!




Encomendas

Caso pretendam alguma peça tricotada por mim, é só entrar em contacto através do email (mamamartinho@gmail.com) com a informação do que pretendem, que eu irei responder.

Escreve o teu endereço de e-mail para seguir este blog e receber as notificações de novos posts por e-mail.

Junte-se a 547 outros seguidores

Categorias

Arquivos